sábado, 16 de agosto de 2008

ECLIPSE SOLAR


Os eclipses do Sol e da Lua são, sem dúvida, um dos mais interessantes eventos astronômicos que podemos presenciar. Se durante um eclipse solar a lua se posiciona entre o astro-rei e a Terra, "tampando" o disco solar, durante o eclipse da Lua é nosso planeta que fica entre o Sol e Lua, impedindo que os raios do Sol iluminem nosso satélite.
E é exatamente isso o que vai acontecer nesse sábado: o eclipse parcial da Lua de 16 de agosto de 2008. Durante o eclipse da Lua nosso satélite vai se situar do lado oposto ao Sol, de modo que esse tipo de fenômeno somente ocorre quando a Lua está em sua fase cheia.
O ápice do eclipse ocorrerá às 18h10 pelo horário de Brasília, quando a Lua estiver acima do oceano Índico entre Moçambique, na costa leste da África e a ilha de Madagascar. No Brasil somente a segunda fase do evento poderá ser vista, já que a Lua nascerá eclipsada aproximadamente às 17h45, mas poderá ser acompanhado até seu final, às 19h44.
Como das vezes anteriores, o Apolo11 também transmitirá ao vivo o eclipse de sábado, partir das 17h30 pelo horário de Brasília.
Como aconteceQuando qualquer corpo esférico é iluminado por uma fonte pontual de luz, são produzidos dois cones de sombra, chamados de umbra e penumbra. Em condições ideais a região da umbra é totalmente escura, enquanto a penumbra ainda recebe uma parte da luz. Durante um eclipse lunar acontece o mesmo, com o Sol fazendo o papel da fonte de luz pontual. Fortemente iluminada, a Terra também produz dois cones de sombra que são projetados no espaço.
Postar um comentário