quarta-feira, 13 de agosto de 2008

PROTESTOS DA IGREJA CATÓLICA EM FOTO DE CAROL CASTRO



A Playboy de Carol Castro chegou às bancas na terça-feira (12) e apenas um dia depois já causa polêmica. De acordo com a coluna "Retratos da Vida", do jornal Extra, a Igreja Católica se manifestou a respeito de uma foto em que a atriz aparece vestida apenas com um corpete, os seios à mostra e um terço nas mãos.

"
Isso é um desrespeito. Não só com a Igreja Católica, mas com a fé de um povo. É absurdo usar um objeto de devoção das pessoas para fazer uma coisa como essa. Está na moda falar que essas fotos são um ensaio fotográfico. Mas, na verdade, não passam de um erotismo vulgar. Usar qualquer peça de devoção, nesse contexto, é desrespeitoso", disparou o padre Juarez de Castro, Secretário de Comunicação da Arquidiocese de São Paulo.

Procurada pela coluna, Carol deixou claro que não pretendeu ofender ninguém ao posar para a foto. "Tive uma criação católica, fiz primeira comunhão. Peço desculpas se ofendi qualquer pessoa".

A atriz ainda explicou, mais uma vez, que o tema do ensaio tem por base Dona Flor, personagem de Jorge Amado, e o editor-chefe da publicação também saiu em sua defesa: "Dona Flor é uma menina católica, que se casa virgem. Ela tem essa contradição entre a fé e a sensualidade".
Postar um comentário