quarta-feira, 29 de outubro de 2008

MULHER DE 56 ANOS DÁ A LUZ NETAS TRIGÊMEAS

Jaci fez a gestação das três meninas --duas delas idênticas-- no lugar de sua filha, Kim Coseno, que pensava em adotar uma criança por não poder engravidar. Sua mãe então se ofereceu para ajudá-la.
Kim e o marido, Joe, fizeram fertilização in vitro e os embriões foram implantados no útero de Jaci. Desde então, a família mantém
um blog para contar a história --e também rebater eventuais críticas.
Em 11 de outubro, as crianças nasceram (por meio de cesariana) prematuras, aos sete meses de gestação. Ganharam os nomes Gabriella Claire, Elizabeth Jacilyn e Carmina Ann. Duas pesavam pouco mais de um quilo e uma, menos de um quilo. Como ainda precisam de cuidados especiais, elas permanecem no hospital.
Leoa
Em seu blog, Kim narra a experiência da família e aproveita para rebater críticas. Com a exposição do caso na mídia, diz ela, houve muita repercussão positiva --e alguma negativa.
"Obviamente, quem nos criticou não sabe de tudo, ou então não faria esse julgamento", escreveu Kim. "Quero muito defender a escolha que fizemos. Sou uma mãe leoa que fica furiosa quando sua família é ameaçada. É mais forte do que eu."
Postar um comentário