quarta-feira, 2 de setembro de 2009

AS CINCO PESSOAS QUE VOCE ENCONTRA NO CÉU


Confesso que me surpreendi com esse filme. Apesar de sugestivo, o título dava a imagem de mais um filme religioso. Mas o que encontrei foi um relato delicioso sobre a vida, morte, encontros e desencontros, mágoas, perdão autoconhecimento.


Eddie ( John Voight) é um homem que desde criança teve uma existência dura, na pobreza, com poucas possibilidades. Quando jovem conheceu a guerra e isso marcou definitivamente sua maneira de encarar o mundo. Passa a maior parte de seu tempo connsertando brinquedos em um parque de diversões. No dia de seu aniversário de 83 anos ao tentar salvar a vida de uma menina é atingido por uma peça de máquina e acaba morrendo.

Ao chegar ao céu se depara com cinco pessoas. Questionado sobre seu modo de viver ele responde que sua vida sempre foi sem sentido, insignificante. Mas então aperecem cinco pessoas que durante o filme vão mostrando ao personagem que ela não foi tão insignificante quanto ele imaginava, mas antes estava interligada a dezenas de outras pessoas, e para algumas ele foi muito importante.

O filme nos dá a oportunidade de relfetir sobre nossa maneira de ver a vida, abrindo e possibilitando novas percepções.

As escolhas, o acaso, as atitudes , tudo isso influi em nossa caminhada e é preciso valorizar cada gesto, cada acontecimento, cada pessoa e mesmo que não percebamos, se torna parte de nossa existência. Eu achei o filme maravilhoso.
Postar um comentário