sexta-feira, 25 de junho de 2010

EQUILÍBRIO EMOCIONAL.


II Corintios 6:12 " Não estais estreitados em nós; mas estais estreitados nos vossos próprios afetos."

Com este versículo o pastor Alessandro Bozão iniciou a pregação de quinta feira dia 24, na Igreja Renascer do P. S. Bento.

Foi uma palavra de grande sabedoria,

Deus não nos limita, nós nos limitamos em nossos afetos, em prisões emocionais que foram criadas dentro de nós de acordo com a experiência que cada um teve na vida. E muitas vezes nos alimentamos dessas deformidades, nos sentindo coitados, precisando da compaixão dos outros.

Não podemos ser crianças a vida inteira.Muitas vezes na idade adulta, usamos as mesmas estratégias de uma criança para conseguir o que queremos: birra, briga, choro....

Mas conforme crescemos Deus nos oferece muitas outras estratégias, como colocar-se no lugar do outro, sermos compreensivos, usarmos o diálogo como premissa básica em todos os nossos relacionamentos.

Todos nascemos livres, ninguem nasceu algemado, ou com uma bola de ferro amarrada no pé. Não somos nervosos, nem timidos nem medrosos, mas apenas nos tornamos isso, porque permitimos que o adversário de nossas almas instalasse em nós esses defeitos e acreditamos que isso era verdade.

Há uma teoria moderna de um famoso psicólogo americano Howard Gardner que ensina que muitas pessoas famosas, com um intelecto brilhante com tudo para vencer na vida fracassaram. E por que ? Apesar de terem um QI ( quociente intelectual ) altíssimo seu Qe (quociente emocional) era deficiente. E isso as levou ao fracasso.

Não é suficiente ser belo, alto, inteligente, forte. É preciso estar bem interiormente, ter um emocional equilibrado.

Na Bíblia temos o exemplo de Saul. Escolhido para ser o primeiro rei de Israel era um belo jovem no porte físico e muito inteligente. Mas suas attitudes como rei o levaram ao fracasso material e espiritual.

Deus tem promessas para nossas vidas. Promessas de vitórias. Mas para que isso possa acontecer temos que nos abrir a fim de que o Espírito Santo venha nos curar por inteiro.
Postar um comentário