terça-feira, 27 de julho de 2010

COOPERAR É MELHOR QUE COMPETIR.


A sociedade em que vivemos valoriza muito a competição. Estamos todos inseridos em um mundo onde é fundamental ser melhor que o outro, isso em todos os âmbitos, seja o profissional, social, familiar e até mesmo espiritual.

Esses dias atrás conversando com uma amiga de minha esposa ela falou: "Quando eu estava a frente da Assistênia social da igreja tudo era melhor, as coisas eram diferentes. Quem assumiu nessa gestão não tem competência"

Parece que tudo o que fazemos tornou-se um imperativo categórico de qualidade total.

Transportamos conceitos empresariais para todas as áreas de nossa vida. Tem até um programa de televisão intitulado " Meu pai é melhor que o seu".

Eu penso que é fundamental ter qualidade, fazer sempre o melhor, mas não as custas de uma vivência mais humanitária, mais voltada a cooperação que a competição.Numa competição sempre há um ganhador e um perdedor. Esse modelo funciona bem numa sociedade baseada no neoliberalismo e capitalismo, mas não pode ser levada a extremos , como por exemplo nortear nssos comportamentos como pais, educadores, lideres espirituais.

Precisamos valorizar o pensamento ganha-ganha, ou seja se eu ganho, você também pode ganhar, podemos alcançar juntos nossos objetivos, cooperando uns com os outros, socializando vitórias,valorizando mais o coletivo.



Postar um comentário