sábado, 30 de abril de 2011

O CAMINHO MAIS FÁCIL


Jesus nos ensinou que há dois caminhos. Um é largo, agradável aos olhos, cheios de delícias, com aparente tranquilidade. É o caminho das multidões.
O outro é um caminho estreito, cheio de pedras e percalços, díficil de percorrer, e com muito poucos caminhantes.
A escolha é nossa . Qual dos caminhos seguir?
Penso que esses dois caminhos também simbolizam atitudes que temos diante da vida e das oportunidades que nos aparecem.
Vivemos num tempo de facilidades. As pessoas querem tudo mastigado. Dentro das igrejas os irmãos querem mensagens prontas para serem consumidas, mensagens que não sirvam para pensar, para refletir, mas simplesmente para saciar sua fome e sede naquele momento.
É a geração do fast food , do controle remoto, das facilidades da vida moderna.
Não queremos nada complicado, que exija maior engajamento. Para muitos os filmes de hollywood são perfeitos, pois tudo é explicado do começo ao fim , não sendo necessário nenhum raciocínio mais elaborado.
Esse é o caminho largo, as facilidades, a vida mansa, sem muitas complicações.
Mas infelizmente esse caminho que muitas pessoas seguem hoje em dia não lhes trará crescimento algum, essa comida rápida e mastigada engorda mas não produz nutrição.
O ser humano só cresce realmente se é desafiado, se enfrenta situações em que se exija que use mais do seu potencial, só consegue mais se dá mais de si mesmo.


Postar um comentário