segunda-feira, 22 de agosto de 2011

OS OPOSTOS DA VIDA!!!.


Quando vejo uma borboleta a voar, me lembro de poesia. É algo tão doce, tão frágil, tão sutil....
Me lembrei, ao escrever os textos para o blog de uma música de Benito de Paula que dizia assim:
"Eu sou como a borboleta , tudo que eu penso é liberdade, não quero ser maltratado, nem expulsado deste meu chão. Minhas asas, minhas armas não servem pra me defender. Você que me vê voando como a paz de uma criança, quando eu voar me proteja, sou parte de sua vida"
E assim somos todos nós parte de um mesmo Todo chamado Vida. E essa vida tem muitas formas de expressão. As vezes na Natureza vemos um leão, o Rei das Selvas, um tigre com sua incrível ferocidade, Mas ao mesmo tempo observamos uma borboleta ou uma libélula. Todos partes de uma mesma Vida, todos partes de um mesmo mosaico que se complementa.
Nenhuma dessas forças da Natureza merece maior destaque que a outra. A ferocidade de um leão é tão bela quanto a fragilidade de uma borboleta!!!!
Postar um comentário