sexta-feira, 23 de março de 2012

O VISCONDE PARTIDO DO MEIO!!!


Gosto de fábulas. Elas explicam de forma simples e lúdica grandes verdades espirituais.
No livro o Visconde Partido no meio Italo Calvino nos mostra através de seus personagens, a dualidade, as angústias do homem contemporâneo, vivendo num mundo com uma tecnologia de ponta, mas com atitudes que relembram o homem pré histórico.
Na história o Visconde Medardo Di Terralba, voluntarioso cristão, vai a Guerra contra os turcos e acaba levando um tiro bem no meio do peito, que o parte ao meio, mas ironicamente não o mata. A metade direita, é atormentada pela maldade, a esquerda pela bondade. "Ainda bem que a bala de canhão o dividiu em apenas dois comentaram aliviadas suas vítimas" Represnta na verdade o homem dilacerado, dividido entre sistemas políticos, religiosos... É o conflito entre bem e mal, claro e escuro, O Conflito nasce sempre de dentro para fora. Quer se lutar contra o mundo quando na verdade será preciso lutar contra si mesmo.

Na obra tem-se a impressão que o personagem Medardo di Terralba, fica sem início ou fim, pois primeiro é um, inteiro, depois, na guerra, é partido ao meio, então, onde ele começa, onde ele termina? Como existir pela metade? Para Calvino, através de seu personagem partido e definido como o Mesquinho, parece fácil responder:
É bom lembrar que a obra foi escrita após a Segunda guerra Mundial, onde as pessoas começaram a perceber que o ideal humano de progresso , bondade , estava muito longe de ser realizada.
É muito atual, pois o ser humano ainda continua fazendo suas guerras, continua a destruir o meio ambiente, permite que seu próximo passe fome, e investe bilhares de doláres, euros ou seja lá que moeda for em armamentos, preparando se para mais uma guerra....
Acredito que ainda iremos acordar, que o ser humano vai conseguir reconciliar-se consigo mesmo, vai costurar as diversas partes de si, perdidas pelo mundo afora, dilaceradas sim pelas suas vivências traumáticas deste mundo tão difícil de se viver. É um grande desafio!!!
Postar um comentário