terça-feira, 29 de maio de 2012

OS HERÓIS SEM NOME!!!



O início da evangelização na África foi marcado pela violência dos nativos, que até então pouco tinham escutado a respeito de Cristo, do amor pelo seu semelhante e de outras doutrinas do Cristianismo.
Um missionário , construiu uma pequena choupana naquelas terras. Certo dia percebeu, através das frestas de sua pequena cabana, um movimento suspeito de doze nativos. 
Temendo pela sua segurança, se armou de sua espingarda e vendo que esta estava carregada imaginou que com doze balas poderia matar aqueles homens que queriam invadir sua casa. Orou ao Senhor , e em lágrimas colocou novamente a espingarda em seu lugar.
Pensou em seu coração, que se matasse qualquer um daqueles nativos, jamais poderia falar do amor de Cristo a qualquer indivíduo naquele continente.
Os homens então de súbito invadiram sua casa, e começando a bater no missionário acabaram por assasiná-lo.

Ao iniciarem o saque, perceberam a espingarda carregada e indagaram: Mas, ele poderia ter-se defendido porque não o fez... Seria por causa da religião?
Dias depois, dois daqueles nativos procuraram uma Igreja.

A vida com Cristo exige muitas vezes de seus seguidores que abram mão de seus direitos em troca do serviço no Reino. Maior é a vontade do Senhor de que nossas vidas;
A história do bom samaritano também ilustra de forma admirável como devemos proceder.
Um samaritano não se dava com um judeu. Isso era fato. Hávia muitas idéias, crenças e atitudes que separavam aqueles dois povos. Mas havia uma linguagem universal que poderia uni-los e o samaritano conhecia muito bem ela. Era o amor.
O amor transcende todas as línguas, todas as atitudes todas idéias e crenças. O amor fala por si.
E assim aquele bom samaritano fez a sua parte, cuidou daquele homem ferido, colocou azeite em suas feridas, levou - o a uma estalagem e gastou dinheiro de seu próprio bolso. Não satisfeito, poderia ter terminado aí, preocupou-se com o depois, orientando o dono da estalagem que se preciso, iria ver como tinha se restabelecido o viajante,
Um homem que a Bíblia não cita nem mesmo o nome tornou-se celebrizado pela sua atitude de misericórdia.
Atitude rara esta, pois nos dias atuais, as pessoas tem buscado a fama, a glória a todo custo, querendo ver seus nomes proclamados e lembrados.....
Tantos heróis sem nome existem, e que bom que assim seja, não foram contaminados com o espírito egoísta de nossos tempos!!!
Postar um comentário