sexta-feira, 5 de outubro de 2012

A FORÇA DE UM PEÃO!!!











Se existe um jogo que me fascina ele tem um nome.: Xadrez. Talvez pela sua história milenar, ou pela forma como é jogado, pelas estratégias que nos conduzem a ser vitoriosos ou derrotados, ou pelas metáforas que o jogo tem com a vida real.
Podemos dizer que a vida é um grande tabuleiro de xadrez.Nele se concentram forças de vários setores da sociedade.
Os peões talvez sejam os mais fracos. Na linha de frente, sempre são colocados como muralha de proteção as peças mais fortes. Muitas vezes são sacrificados para se obter uma colocação mais estratégica de peças mais importantes. Praticamente seu valor no jogo é um. Eles representam a grande maioria da população
Os cavalos vem em seguida. Tem uma grande importância na captura de peças e na estratégia de defesa e ataque.
Os bispos representam o poder sagrado,, a religião e tem um ataque de peça muito forte se combinado com outras.
Nossa sociedade também ainda precisa da figura de sacerdotes , lideres religiosos, para conduzir rebanhos desprotegidos, pessoas que não conseguem tomar suas próprias decisões , não tem forças para dar uma virada em suas vidas, e usam muitas vezes a religião como muleta, ou anestésico para as dores da alma.
As torres representam as fortalezas os poderes constituídos deste mundo para a segurança, para que os poderosos possam estar seguros é preciso fortalezas.
Elas tem  um grande poder no jogo e  combinadas com outras peças são quase mortais.
A rainha e o rei simbolizam os poderes do Estado, a força da hierarquia constituída  dos sistemas políticos. A rainha, peça mais poderosa, representa as estratégias, o poder de persuasão ,a sensibilidade das forças da sociedade para vencer opositores.
O rei , apesar de no jogo não andar mais que uma casa por vez, a exemplo dos peões, contudo é o personagem principal da partida. Todo o objetivo do jogo gira em dar xeque mate no rei. E o jogo termina quando isso acontece.
Mas existem momentos particulares de uma partida, onde um peão bem colocado, protegido por peças mais fortes, consegue avançar no território e fica em posição privilegiada. Apesar do esforço do adversário, o peão nestes casos invariavelmente é coroado e se transforma ou em rainha ou em torre ou em bispo.
Na vida, muitos, como os peões do xadrez tem conseguido essa proeza. Pessoas simples, talvez até sem muito estudo tem conquistado os degraus do poder. Lula é um exemplo maior disso. Um simples metalúrgico , que por ter bons relacionamentos  ter pessoas a seu lado que lhe davam respaldo  conquistou o cargo maior da nossa sociedade.
Todos nós podemos , de simples peões , ser coroados em nossas conquistas. Basta uma boa estratégia, pessoas de confiança ao nosso lado, fé em Deus e força de vontade!!!
Postar um comentário