domingo, 17 de março de 2013

ATORES DE NOSSA HISTÓRIA!!!


Nas séries iniciais do Ensino Fundamental, um dos primeiros conceitos que ensinamos aos pequenos que iniciam o 6º ano é  a noção da importância da história na vida das sociedades humanas. 
E ai aprendem que ela  é feita por grandes personagens, estadistas, reis, políticos .....
Alias era assim que nós mais antigos aprendemos sobre nossa história. Feita por santos, heróis grandes personagens.
De fato a história normalmente é escrita por essas pessoas, por aqueles que  detêm maior poder econômico, pelos vencedores.
Mas as coisas estão mudando. Me lembro que ao iniciar os alunos no conceito de história, sempre lhes perguntava: Quem faz a história? E a resposta invariavelmente era: Os presidentes, os homens ricos.... Mas então eu argumentava.... Mas os grandes personagens trabalham em fábricas, em grandes obras de construção, na agricultura, no comércio, nas escolas.....? E esses trabalhadores, as donas de casa, os estudantes, as pessoas comuns?
E vocês, quando saem de suas casas e vem estudar estão fazendo o que?
Na verdade todos nós de uma forma ou outra estamos fazendo história ao levantarmos da cama e iniciarmos nosso dia.
O que acontece na maioria das vezes é que as pessoas simples, sem condição econômica não podem colocar seus nomes em livros.
Mas podemos com nossas ações , transformar a sociedade. É certo que as coisas não acontecem rapidamente, os processos são lentos.
Vivemos um período negro na história brasileira que durou cerca de 20 anos. Foi a ditadura militar. 
Nesse tempo muitos jovens foram torturados e mortos. Pessoas de diversos meios sociais e de todas as idades foram perseguidas por suas concepções políticas.
Um dos casos emblemáticos foi o do jornalista Vladimir Herzog que foi morto pelos idealizadores da ditadura militar por ter idéias contrárias ao que pregava o sistema.
Oficialmente foi explicado que a morte aconteceu por enforcamento. Suicídio  Mas a família nunca se conformou e após 37 anos de luta reescreveram a história. Nesta sexta feira, 15 de Março um novo atestado de óbito foi lavrado. Nele a história real se sobrepôs a mentira. O motivo da morte de Herzog foi devido aos maus tratos e lesões causadas pelas torturas sofridas.
Esse talvez tenha sido o grande exemplo dos últimos anos , de que com vontade, desejo, dedicação esperança e muita luta é possível escrever e reescrever nossa própria história.
Não podemos aceitar a passividade o conformismo que muitos tentam nos fazer acreditar serem inevitáveis.
Somos atores da nossa vida, podemos criar novas narrativas para nós e para o País onde vivemos!!!
Postar um comentário