quinta-feira, 11 de abril de 2013

O VOÔ DO BESOURO!!!


Existem muitos fatos que não entendemos, mas nem por isso deixamos de acreditar. O ser humano tem uma capacidade muito grande de crer sem questionar,pesquisar, observar.
As vezes isso pode ser positivo ou não Depende da situação em que estamos vivendo.
Ser muito crédulo não faz bem a ninguém  além de corrermos o risco de sermos enganados.
Por outro lado a descrença total tira da vida o brilho, a espontaneidade. Precisamos como sempre buscar um equilíbrio entre as duas atitudes.
Há alguns textos na Internet que sugerem que o besouro.teoricamente não poderia voar. Alegam os textos ,que engenheiros e alguns pesquisadores ao analisar a constituição física do besouro perceberam que sua configuração pesada, asas finas e outras dificuldades impossibilitariam seu voô. Np entanto, dizem ele voa. Como analogia sugerem que assim como seria impossível ao besouro voar e no entanto ele consegue fazer isso, da mesma forma nós seres humanos apesar de nossas limitações poderiamos também fazer o impossível 
Mas há também textos que ensinam que o fato de o besouro voar é plausível, inclusive dando explicações, baseadas nas leis de movimento de Newton. Alegam, que a pretensa asa fina do besouro esconde uma asa mais grossa cheia de nervos, que na verdade seria a responsável pelo võo do besouro.
Podemos concluir então que é preciso cautela com o que se lê. Muitas pessoas bem intencionadas acabam deixando o romantismo inebriar seu pensamento e com isso perdem o bom senso.
Me lembro de um bélissimo texto sobre o voô da águia. Na explanação era ensinado que a águia depois de um tempo começava um processo de renovação , que incluia inclusive auto-mutilação. Apesar de poético, muitos ornitólogos que são os responsáveis pelo estudo das aves, observam que em nenhuma espécie da ave verificaram tal comportamento. Portanto a alegoria é apenas poética, não tem um sentido prático.
Precisamos aprender as mesclar a poesia, o sonho ao bom senso, a pesquisa, a análise da razão. Vamos colocar nossa mente nas estrelas, mas permanecer com os nossos pés bem grudados no chão!!!
Postar um comentário