sábado, 20 de abril de 2013

SAIA DA CAVERNA!!!


Conta a Bíblia que Davi ainda um menino já tinha em suas andanças enfrentado um leão e um urso.
Portanto já tinha experiência em matar gigantes. Golias teria sido apenas mais um desafio em sua vida, que com certeza já era extraordinária visto ser ainda um menino. Apesar disso e de ter demonstrado além de coragem e valentia, também caráter, pois por várias vezes poderia ter destituído a Saul como rei e usurpado o trono de Israel, pois além de querido pelo povo, Saul em vários momentos esteve próximo a ele, mas nunca se apercebeu disso e o menino poderia tê-lo matado com facilidade.
Por perseguição e inveja Davi teve que refugiar-se em uma caverna conhecida na época como Caverna de Adulão.
E quem morava nessa caverna? Ursos, feras leões? Não... mas também não muito distante disso.
Ali naquele lugar habitavam homens feridos, marginalizados pela sociedade da época. E Davi tornou-ser lider daqueles homens e por muito tempo ficou naquela caverna que além de abrigo, lhe serviu como experiência de vida.
Mas quando Davi saiu daquela Caverna não foi somente para continuar sendo aquele menino valente. Não. Davi saiu daquela caverna para se tornar rei de Israel.
A permanência naquela espaço amadureceu a Davi, lhe ensinou muitas lições e lhe proporcionou a liberdade.
Há uma outra caverna que gostaria de tratar nesse texto. Não é uma caverna como a de Adulão, mas ali também  estão pessoas de todos os tipos. Nela, permanecem presos, acorrentados, imaginando que aquele lugar é seu mundo. Não apenas seu mas aquela caverna representa a humanidade. Acorrentados nela,  iluminados por uma fogueira conseguem apenas observar as sombras  por detrás de si.E pensam então que essas sombras são a realidade, os objetos, as plantas tudo que existe.
Mas se por algum motivo algum deles consegue se livrar daquelas correntes e sair , vai perceber que na verdade o que viam eram ilusões projetadas pela fogueira, e que as coisas, as pessoas, as plantas e os objetos existiam em sua forma real fora da caverna.
Feliz pela descoberta retorna ao interior da mesma para contar a novidade a seus amigos. Mas é debochado, ridicularizado  e rejeitado.
Esse é o mito da caverna de Platão. Essa caverna representa muitas vezes nosso mundo sensível em que as imagens prevalecem sobre os conceitos, levando-nos muitas vezes a ter opiniões erradas e pré conceitos.
Quando nos esforçamos, estudamos, queremos aprender é como se saíssemos da caverna para a Luz da Razão e do conhecimento.
Em qualquer que seja a caverna , precisamos sair , precisamos ter coragem para começar de novo, para ter novas idéias, novos projetos, para uma nova vida!!!
Postar um comentário