segunda-feira, 24 de março de 2014

AMANHÃ.


Dizer que vivemos em um mundo difícil é chover no molhado. Todos nós , pelo menos a grande maioria, precisa  todos os dias matar o leão e ainda apresentar o escalpo. Não está fácil para ninguém. Nesse País  , as coisas parecem mais complicadas. Podemos até argumentar que aqui não há guerra.... será? Quantos mortos no trânsito temos anualmente? Milhares... Quantos homicídios temos por dia no Brasil.? Dezenas........ e conflitos menores? Também são muitos.
Tudo bem... mas não temos terremotos, maremotos, vulcões... graças a Deus , penso que talvez isso seja um dos motivos de agradecermos.
Em contrapartida , na economia, na saúde, na segurança pública. que caos.
Isso gera em muitos de nós um sentimento de impotência, de sentir que nada  pode mudar, que temos que simplesmente aceitar e continuar nossas vidas.
Há uma lenda grega que nos ensina que Pandora era uma mulher muito formosa. A primeira mulher na Terra. Belíssima.
Foi projetada pelos deuses a fim de castigar Prometeu, um titã que havia entregado o fogo aos homens. 
Pandora foi orientada a levar a caixa até o titã, mas jamais abri-la. No caminho, a curiosidade feminina falou mais alto e a bela mulher abriu a caixa.
Dali saíram todos os males que conhecemos : mortes, fome, medos, guerras....
Mas então Pandora conseguiu fechar a caixa... havia sobrado apenas um ítem. A ESPERANÇA!!!
Talvez possa soar piegas ensinar a Esperança num mundo como o nosso, mas é preciso!
Guilherme Arantes tem uma canção que adoro. Ela reflete muito bem esse sentimento de esperança que todos nós precisamos ter: Amanhã será um novo dia da mais louca alegria que se possa imaginar. Amanhã mesmo que uns não queiram será de outros que esperam pelo dia raiar. Amanhã a luminosidade, alheia a qualquer vontade a de imperar!!!
É dessa maneira que prefiro viver meus dias. Sempre acreditando, sempre tendo a esperança que as coisas vão melhorar, mesmo que aparentemente tudo pareça sempre igual.
Como dizia Martin Luther King " Se você não pode voar , corra, se não pode correr ande, se não pode andar , rasteje, mas continue de alguma maneira"
Continue, mesmo que seja rastejando, não pare, mesmo que tudo pareça desabar sobre seus ombros ... Avante!!!
Postar um comentário