domingo, 11 de maio de 2014

PASSE DE FASE!











O ano de 1997 foi marcante em minha vida. Tempo em que escolhi uma companheira para ser minha esposa. Estamos juntos a 17 anos. Também iniciei minha vida como pai, pois ela já tinha um menino . Não foi nada fácil, afinal não existe um curso preparatório para sermos pais, ainda mais quando já é um menino de 6 anos.
Mas havia situações positivas. Por exemplo: Foi minha primeira experiência com videogames. Parece brincadeira, mas aos 32 anos eu nunca havia brincado com um desses joguinhos. 
Comprei na época um Supernintendo com os jogos do Mário. Foi uma grande diversão para meu filho.... e para os pais.
Começei pouco a pouco a ir entendendo os macetes do jogo que em muitos casos envolve raciocínio lógico, capacidade de concentração, observação, e bastante a parte motora.
Eu tenho a convicção de que jogos de videogame, quando escolhidos pelos pais, são uma maneira importante de desenvolver habilidades cognitivas e a parte motora de seus filhos. Portanto não é totalmente verdade que jogos de videogame fazem mal a criança. Alguns sim, e também em excesso, mas bons jogos e nos tempos adequados são positivos.
Sempre , ao se aproximar do fim de uma fase, existe um grande desafio a ser enfrentado. Meu filho falava " o chefão". Ali, teriamos que mostrar todas as habilidades que aprendemos no decorrer da fase, e usá-las todas para enfrentar a situação. Se tívessemos habilidade e paciência com certeza resolveriamos o enigma e passariamos de fase.
Mas quantas vezes fiquei até centenas de vezes na mesma fase, pois não conseguia vencer o último desafio.
Aquilo me deixava frustrado e me sentindo de certa forma incapaz. Mas aos poucos fui aprendendo a perceber meus erros e conseguia em alguns jogos passar de fase.
Para mim esse mundo é um grande videogame, que roda variados tipos de jogos, alguns bons, outros muito estressantes. Precisamos ter habilidades, competências, paciência, determinação, perseverança para vencer os problemas que a vida nos trás todos os dias. 
Mas existem momentos chaves em nossa existência. Hora em que, precisamos mobilizar uma série de competências, para vencer o grande desafio. Talvez uma entrevista para um grande emprego, uma doença crônica, um relacionamento difícil, o confronto com um adversário,uma decisão importante. São os "chefões" 
Não estaria você repetindo a mesma fase há vários anos em sua vida? Situações que lhe incomodam e se repetem todos os dias e anos. Você não consegue passar de fase.
Fique atento aos padrões que acontecem, observe com mais cuidado os seus comportamentos, suas emoções, tenha paciência e foque o resultado. Seja positivo. Com certeza agindo assim, com fé e coragem conseguirá passar para uma próxima fase, muita mais feliz, próspera e abençoada!!!
Postar um comentário