segunda-feira, 3 de novembro de 2008

NASA DIZ QUE LHC É SEGURO

Nasa entrou no debate sobre a segurança dos experimentos do LHC. A agencia espacial americana publicou em seu site um pequeno texto sobre o breve período em que o LHC esteve em funcionamento, com o título “O dia em que o mundo não acabou”. Vou reproduzir os pontos principais.
1) O texto reconhece que, teoricamente, o LHC poderia produzir minúsculos buracos negros. Mas que isso não poderia ter ocorrido, porque as colisões entre partículas – precisamente o tipo de evento que a máquina foi projetada para fazer – ainda não aconteceram. O acelerador estava ainda numa etapa de “aquecimento”2) E se um pequeno buraco negro fosse formado, o que aconteceria? A resposta é interessante: não muita coisa. Ele teria uma massa muuuuito pequena, o equivalente a uma centena de prótons, ou um pouco mais. E como estariam viajando a velocidades próximas da luz, deixariam a Terra, em direção ao espaço, em menos tempo do que você precisa para ler esta frase. Isso, é claro, supondo que o mini-buraco negro sobreviva mais que algumas frações de segundo, o que os físicos dizem ser improvável.3) E se os tais mini-buracos negros surgirem, será algo bom, pois pode ajudar as pesquisas na área de supercordas.
Ou seja, alguns cientistas recepcionariam os mini-buracos negros com entusiasmo, e não com medo. E vocês, leitores, sentem-se mais tranqüilos depois de saber a visão da Nasa? Dêem suas opiniões.
Postar um comentário