quinta-feira, 10 de setembro de 2009

A VIDA CONTINUA.....


Talvez você se sinta confuso com esse mundo tão incerto. Idéias que lhe foram passadas pelos seus pais, professores, líderes religiosos, meios de comunicação, parecem não responder a complexidade do mundo moderno.
Muita coisa mudou, conceitos se ampliaram grupos minoritários como mulheres, negros e homosexuais conquistaram seus direitos e devem ter seu espaço respeitado dentro da sociedade.
A visão que se tinha sobre crianças e adolescentes também foi ampliada e assistimos hoje em dia a dificuldade de compreender e lidar com seu comportamento, porque antes era mais fácil, simplesmente era só falar e pronto. Não podia haver discussão, o adulto estava sempre certo. Era a imposição da obediência pelo medo.
Nos anos 70 a psicologia explicava o homemc omo sendo semelhante a uma maquina. Era o conceito de estímulo resposta. Dado determinado estímulo se tinha uma resposta. Se essa resposta fosse positiva , reforçava-se o comportamento positivo, se fosse negativa simplesmente era só estirpar esse comportamento através de um reforço negativo. Era tudo simples. Apenas o certo e errado, o sim e não, o branco e o preto. Não existia lugar para o incerto , para a dúvida, para o talvez, para nuances e comportamentos diferentes.....
Foi o tempo das ditaduras no mundo inteiro.
Mas o espirito humano é mais rico, mais forte , mais capaz e através das lutas pelos direitos humanos, civis pela contestação dos jovens, superamos esse período negro da história.
Nos anos de 80 aqui no Brasil surgiu uma nova teoria em educação e psicologia O ser humano constrói seu conhecimento , em interação com o meio. Eram as idéias de Piaget , o construtivismo.
E assim é claro , caminhamos ainda com dificuldade, ainda sem saber muito bem como tudo irá ficar, mas certos de que estamos no caminho correto. Uma nova visão de mundo se descortina, a de que somos todos interligados, nós e também nosso planeta. Amplia-se a consciencia ecológica, enfim estamos caminhando para um mundo mais de incertezas do que falsas certezas, mas pelo menos sabemos que os conceitos são mais seguros, menos maquiados, e que buscamos um ser humano menos manipulado pela religião, pela mídia ,mais independente com autonomia para buscar seus próprios valores.
Celsão.
Postar um comentário