quarta-feira, 7 de outubro de 2009

MORAL TAMBÉM SE APRENDE


Desenvolvemos nosso intelecto, nossa sociabilidade, nossos conceitos através da interação com o meio. É um processo de construção que se inicia na mais tenra idade, quando ainda somos bêbes. E assim conforme os anos vão passando construimos idéias, conceitos hipóteses sobre a vida, o mundo, os outros. Piaget chama a isso de Construtivismo, sua teoria que explica o desenvolvimento da criança até se tornar um adulto passando por diversos estágios.
Além da construção de nosso intelecto, temos também a capacidade de construir conceitos morais que vão nortear nossos comportamentos e relação com o mundo ao nosso redor. Muitas vezes acreditamos que moral sejam apenas conceitos que internalizamos através do que aprendemos com nossos pais, nossos professores, as pessoas que respeitamos.
Mas segundo Piaget a moral internalizada é apenas um estágio desse desenvolvimento moral. Para o cientista a três fases da criança em relação a moral: Anomia - Estágio onde não existem limites e deveres . Depois a heteronomia, que é exatamente a internalização de conceitos aprendidos dos mais experientes. Mas segundo Piaget esses estágios são inferiores, pois devemos buscar o terceiro estágio que é a Autonomia, onde a criança não cumpre regras porque internalizou conceitos morais ou porque tem medo de represálias, mas porque aprendeu a construir relações de reciprocidade e de criar contratos e cumpri-los. Precisamos rever nossos conceitos em relação a principios morais que regem nossos filhos e a sociedade em que vivemos. No atual estágio em que estamos, permanecemos internalizando conceitos eobedecendo por medo, ou insegurança. Os seres humanos devem ser autonômos em sua forma de ver o mundo e de administrar seus comportamentos e atitudes. Vivemos numa sociedade infantilizada, seja pela religião , seja pelo Estado e isso é muito prejudicial para o desenvolvimento político, social e espiritual da humanidade.
Postar um comentário