sábado, 28 de abril de 2012

DISSONÂNCIA COGNITIVA!!!





O termo pode parecer meio diferente, difícil de entender, mas na verdade não é.
A mente humana é muito complexa, nela estão instaladas forças evolutivas , mas também poderosas energias involutivas que se não controladas podem levar-nos ao estado de barbárie,
O ser humano sempre tem tentado se adaptar ao ambiente para sobreviver. Na verdade, não é o mais forte que sobrevive, mas o que se adapta com mais facilidade ao seu meio.
Isso acaba gerando algumas distorções.
Divididos por diversos tempos, pois somos produto do século XX, mas estamos no século XXI, muitas idéias, conceitos, culturas mudaram e isso com certeza trouxe muita perplexidade a nossa forma de ver o mundo.
Para se adaptar , algumas pessoas começaram a formular teorias em sua mente sobre a vida ,  enfim a realidade, que são contraditórias e opostas.
Vou dar um exemplo para simplificar; Politicamente correto é defender o direito dos animais, sua liberdade, sua vida, mas ao mesmo tempo  continuo tendo uma atitude ancestral: Comer carne. .
Duas idéias contraditórias convivendo dentro da mente,
Dia desses um amigo meu me surpreendeu.... Falávamos sobre diversos assuntos e as idéias convergiram para a filosofia,, especificamente Nietzsche e, Ele defendeu o filósofo de forma ferrenha, alegando a genialidade e originalidade em sua filosofia. Não posso negar que a filosofia de Nietzsche é bela, sedutora.mas....
Ao mesmo tempo, esse meu amigo tem uma necessidade muita grande de ter uma fé, de ir a igreja.
Bom, nada demais ler Nietzsche e ter a fé cristã.
Mas defender as idéias do filósofo, crer nelas e ao mesmo tempo dizer-se cristão é totalmente contraditório.
O filósofo era totalmente ateu, e nutria ódio a tudo que o cristianismo representava.
Percebe.... Idéias contraditórias convivendo juntas. Isso gera a chamada dissonância cognitiva. Produz muitas vezes ansiedade e angústia, o que leva invariavelmente a pessoa a generalizar e racionalizar a fim de fazer com que aquelas idéias se tornem possíveis , mesmo contraditórias.
Precisamos sim estar abertos ao novo, devemos sim quebrar paradigmas, mas atentos ao fato de que temos que estar alinhados ao nossos princípios e valores, ao que realmente acreditamos e somos.
Caso contrário , corremos o risco de ser como meninos, levados por toda sorte de doutrinas e idéias só porque nos soam belas .
Postar um comentário