quarta-feira, 20 de novembro de 2013

O PERFEITO AMOR LANÇA FORA O MEDO





O medo é um dos fenômenos mais comuns na existência . A evolução usou essa emoção básica do ser humano a fim de perpetuar a espécie.
Mas a medida que evoluímos,muitas estratégias precisam ser alinhadas com os tempos em que vivemos, com a cultura, com o desenvolvimento da psique. Isso só pode ser feito por cada indivíduo , usando a parte mais evoluída de seu cérebro: O neocortex. É nessa região que acontecem as grandes decisões, os comportamentos, as escolhas. Exige-se para isso , desenvolvimento pessoal, autoconhecimento, compreensão e percepção, estratégias que devem ser desenvolvidas todos os dias.
A Bíblia é um livro milenar..... não esconde seus erros e preconceitos... lá está escrito a história de massacres , da morte de crianças inocentes, de animais....... o apedrejamento de mulheres, a ideia de um Deus irascível , vingador e cruel .
Mas também está registrada em suas páginas que houve uma grande  transformação ... uma auto reflexão na própria divindade..... O deus cruel, vingativo, irascível, se transformou em um Deus acolhedor, inclusivo, amoroso. Talvez , como dizia Erich Froon... houve uma evolução na mentalidade do homem em relação a compreensão de quem realmente era Deus..... ficam as duas possibilidades para reflexão.
I João registra: O perfeito amor lança fora . É esse medo que muitas pessoas inconscientemente trazem dentro de si em relação as diferenças, pois tudo que é diferente de nossos padrões e conceitos ,dos modelos que nos ensinaram nos assusta, nos deixa desconfortáveis.... isso explica porque muitas vezes, atacamos aquilo que nos é diferente... temos medo de enxergar , que aquilo que nos aparece em realidade, como diferença, pode estar , lá, dentro de nós em estado latente. 
Aceite hoje o convite que a Bíblia lhe faz! Abrace a diversidade, conviva de forma possível e negociada com aqueles que não tem os mesmos interesses , valores e visões de mundo que os seus.
Postar um comentário