sábado, 26 de janeiro de 2013

APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA!!!


Todos nós em algum momento da vida já fomos crianças. E como é bom ser criança, poder correr, pular, brincar livremente. Talvez seja , sem dúvida a melhor fase da experiência humana. Certo é que muitas crianças não tem a mesma sorte. Existem culturas, pais  ou outras circunstâncias  que impedem essa situação agradável.
E o bom disso é que a criança sempre escolhe o que mais lhe agrada a fazer. É voltada para o lúdico, para a imaginação, para a alegria. 
Sabe-se que quando ainda bebês o cérebro é intenso. Milhões de sinapses estão sendo costuradas por ele. É o período de maior intensidade de conexões .
Aprende-se com prazer, vê se isso com facilidade nos olhos de um menino ou menina quando estão brincando. Pode parecer apenas uma brincadeira, mas o aprendizado está acontecendo de forma lúdica, prazerosa.
Mas então crescemos, começamos a perceber que o mundo é um conjunto de regras e normas que precisam ser cumpridas. Temos que estudar, tirar boas notas, organizar nossas coisas em casa, preparar-nos para o futuro. As responsabilidades começam a aparecer.
A criança sai do ensino infantil onde o lúdico ainda existe e adentra o ensino fundamental com uma carga horária e com um número de professores  muito maior.
Nessa modalidade , na maioria das escolas  o ensino deixa de ser imaginativo, lúdico e passa a ser focado muito mais na racionalidade de conceitos, temas, gráficos, mapas.....
Há pouco tempo para o lazer, para a aprendizagem imaginativa!!!
Há uma teoria em educação chamada aprendizagem significativa preconizada por David Ausubel. Nesse conceito o autor entende que para que uma aprendizagem possa realmente consolidar ela precisa ser significativa, precisa estar atrelada a conceitos e vivências tidas pelos alunos e como o próprio nome diz precisa fazer significado para o estudante.
Certo que a escola deve levar os alunos a ter um conhecimento global , da cultura mundial, da matemática, química e física, tão importantes do modelo da sociedade que temos.
Mas é preciso entender que o ser humano tem muitas facetas e é preciso explorar pontos que a aprendizagem tradicional não consegue se expandir!!!
Postar um comentário